Desafio agora é agir para fazer “pegar” a nova Lei do benzeno


Criada pelo deputado Marcos Martins (PT-SP) junto com a Fepospetro, a nova Lei (ainda pendente de regulamentação), em vigor desde o mês de janeiro deste ano,  proibiu entre os nove mil postos de combustíveis do Estado de São Paulo – onde atuam aproximadamente cem mil trabalhadores – a prática do abastecimento veicular além do limite do travamento automático das bombas de combustíveis. A medida busca dar fim à prática do “chorinho”, que faz aumentar em até vinte vezes os riscos de contaminação pelo benzeno – substância cancerígena contida nos combustíveis e cujo contágio costuma ocorrer pela respiração e através da pele.


©2016 / 2018 - FEPOSPETRO
Painel de Controle |